Ex-aluna é homenageada pelo jornal O Estado de São Paulo

Na edição do dia 08 de março, Dia Internacional da Mulher, o jornal O Estado de São Paulo traz uma reportagem especial no caderno “Paladar” sobre as mulheres na história do café. Escrita por Ensei Neto, intitulada “Café é coisa de mulherzinha”, conta a trajetória de diversas mulheres, entre elas graduada em Comércio Exterior na UnisulVirtual, Ana Cláudia Vieira Martins.  A matéria faz um panorama da evolução das mulheres no mercado do café, como é o caso de Ana, que hoje atua como classificadora de qualidade de café em uma das maiores exportadoras  do País. Confira a história da aluna na reportagem:

 

Ana Cláudia Vieira Martins
Classificadora de qualidade de café

Na primeira vez em que Ana Cláudia Vieira Martins entrou na sala de degustação para provar café os colegas se aglomeraram na porta. Afinal, não era todo dia que uma secretária sentava-se à mesa com degustadores experientes na Unicafé, uma das maiores exportadoras de café do País.

Passaram-se 18 anos e Ana Cláudia é a única profissional da empresa habilitada como classificadora de qualidade de cafés com certificado Q Grader – Quality Grader. Foi diplomada em fevereiro deste ano. Mas ainda não conseguiu entrar para o time de provadores da empresa formado por seis profissionais, todos homens. Exerce a função de assistente de diretoria.

“Café sempre foi coisa de homem, então as pessoas ainda têm muito receio quando veem uma mulher provando a bebida”, diz.

Ana Cláudia não esconde de ninguém o sonho de ser provadora de cafés especiais. Enquanto não consegue realizá-lo, continua estudando, não perde a chance de ajudar na classificação de cafés e até já se aventurou a acompanhar a torra. Está estudando japonês e chinês para lidar melhor com os compradores de café.

Fonte: Estadão.
 

Para ler a reportagem completa, clique aqui