Egressas obtém sucesso na prova da OAB

Graduadas em Direito pela UnisulVirtual, elas superaram o desafiante exame da Ordem dos Advogados do Brasil

Quando Rosa Nazario, de Tubarão (SC), Michelle Hugill, de Palhoça (SC) e Juçara Wigger Demay, de Braço do Norte (SC), ingressaram no curso de Direito da UnisulVirtual, elas não sabiam o tamanho do desafio que estavam aceitando.  Mais do que enfrentar os livros didáticos e as avaliações presenciais, o curso de Direito a distância trouxe a batalha para demonstrar a eficiência da educação a distância numa área tão visada.

O início dos cinco anos de estudos foi difícil para Michelle. Alterar a rotina para retomar os estudos foi a parte mais complicada. “O fato de ser a distância tornou essa restruturação da rotina mais difícil. As pessoas têm dificuldade de compreender que você está efetivamente estudando uma graduação, mesmo que não esteja fisicamente em uma sala de aula, você precisa de horas de estudo diárias. Há ainda a ideia de que o estudo a distância é fácil, que você finge que estuda”, lembra.

Servidoras do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, as egressas buscaram o curso de graduação em Direito pela relação direta com a profissão. Diariamente envoltas por questões jurídicas, a graduação é subsídio para uma melhor atuação profissional, como ressalta Rosa. “O aprendizado melhorou a qualidade do meu trabalho. O fato de não ter um professor diante dos olhos, força o aluno a se dedicar, questionar-se e procurar a resposta nos livros, doutrinas e até mesmo com colegas de  trabalho. Quando não entendia determinado assunto, pesquisava,  questionava professores, advogados e até juízes, até chegar a uma conclusão. Foi uma trajetória  de longas horas de estudo e dedicação”, afirma.

Juçara beneficiou-se da flexibilidade da educação a distância

Juçara beneficiou-se da flexibilidade da educação a distância

Com o tempo, a educação a distância entrou no cotidiano. Juçara lembra que sacrificou eventos sociais, festas e o convívio com familiares para cumprir as etapas, mas sabe que se fosse pelo ensino presencial, não estaria graduada.  “Com certeza eu não faria o curso presencial de Direito por não conseguir conciliar a vida familiar, profissional e acadêmica, porém sempre tive o desejo de cursar. Tanto que tive a ideia de sugerir ao Tribunal de Justiça que criasse meios de desenvolver o curso de Direito a distância. Isto foi em  2006 e se transformou em Processo Administrativo”, recorda.

A etapa final do curso de graduação ocorreu em fevereiro, com a colação de grau no curso de Direito. Mas, além do êxito no ensino superior, as acadêmicas foram aprovadas no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil, necessário para o exercício da profissão de advogado. “O Exame da Ordem sempre foi uma lenda e um pesadelo ao mesmo tempo. Fiz quando estava no nono semestre do curso e fui aprovada na primeira tentativa”, revela Juçara.

Michele

Michele valoriza o estágio curricular do curso

Para Michele, prestar o exame da ordem no último ano do curso foi um grande desafio. “O curso foi muito importante, me deu uma base bem sólida de conhecimento, além de muita segurança nos estudos das matérias específicas para o exame da ordem. O estágio me ajudou muito, as dicas para a elaboração das peças, a exigência de um raciocínio mais depurado durante as avaliações foram definitivamente um acréscimo significativo nos meus estudos. Fizemos estudos de casos complexos (que podiam gerar demandas tantos civis, quando criminais). Foi bem puxado, mas o prazer pela graduação em Direito e  aprovação no exame da ordem,  na primeira tentativa,  fizeram valer cada minuto de dedicação”, ressalta.

Rosa valoriza a função dos estágios curriculares

Rosa valoriza a função dos estágios curriculares

Ideia compartilhada com Rosa. Para ela, o estágio curricular foi fundamental para a aprovação no exame. “A minha nota foi excelente: média 9,4, sendo  5 na peça processual e 4,4 nas questões. O curso, aliado a minha força de vontade, deu conta do recado. As questões da prova presencial e a distância equiparam-se ao  exame da ordem, frisando que o estágio foi  incisivo  para minha aprovação. O curso, além de oportunizar minha aprovação no exame da ordem, também me preparou para atuar . Em breve, me aposento do Tribunal e monto  meu escritório de advocacia em Tubarão”, planeja.

Para a coordenadora do curso, professora Dilsa Mondardo, está bem claro que a dedicação e esmero ao longo de cinco anos as levaram a obter êxito no Exame da Ordem dos Advogados do Brasil. “Esse resultado nos motiva a aceitar a tese de que o conhecimento pode ser obtido e consolidado independentemente da modalidade em que ele é ofertado. A UnisulVirtual tem certeza de que foi responsavelmente cúmplice pelo resultado obtido, uma vez que não poupou esforços para ofertar uma completa plataforma virtual, composta de diferentes ferramentas e que, ao longo do processo de formação dessas turma, aprimorou os conteúdos, exigindo leitura intensa, muita dedicação, criatividade e primor no desenvolvimento das atividades de estágio e na elaboração do trabalho de conclusão do curso”, enfatiza.

 

DIlsa Mondardo - Coordenadora do curso de Direito da UnisulVirtual

DIlsa Mondardo – Coordenadora do curso de Direito da UnisulVirtual

Dilsa ressalta ainda que vencer o exame da OAB foi passar pela primeira etapa, agora o compromisso é ainda mais sério. “Espera-se colher o resultado mais desejado: o comprometimento científico e ético dos egressos no exercício das tarefas laborais, em qualquer esfera profissional, comprovando que a formação recebida, muito além do domínio técnico dos conteúdos, conseguiu forjar o caráter humanista que se espera daqueles que estudam e aprendem direito o Direito. Parabéns Rosa, Juçara e Michelle”, afirma.

  • Wagner F. Silva

    Se há relatos de sucesso, o que falta para abrir novas turmas?

  • Franciel Ferreira

    Parabéns!! Com o resultado dessas operadoras do direito se percebe que não é a modalidade de estudo que deve ser discutida, mas a qualidade do mesmo e o empenho do acadêmico. Um dia nós da turma 2011.2 chegaremos lá.

  • Sergio Fernando Bezerra Feijão

    Parabéns, colegas!

  • Ana Claudia

    Parabéns!!!

    Aprovações merecidas!!!

  • Ragnar Raphael

    Parabéns…e muito sucesso…