Arquivos da categoria: Graduação

Esta categoria contém notícias relativas aos cursos de graduação a distância do Campus Virtual da UNISUL.

Professores são homenageados na ALESC

Os professores Moacir Heerdt e Marciel Evangelista Caetano foram homenageados em sessão especial da Assembleia Legislativa, destinada à comemoração da Campanha da Fraternidade 2020.  O ato lembrou também o cinquentenário do Regional Sul 4, da CNBB, onde os dois docentes da Unisul exerceram papeis importantes de coordenadores regionais. As homenagens, na sessão presidida pelo deputado Júlio Garcia, foram propostas pelo deputado padre Pedro Baldissera.

A Campanha de 2020  da Igreja Católica tem como lema “Fraternidade e vida: dom e compromisso”. Em Santa Catarina, O Regional Sul 4 compõe as dioceses de Chapecó, Joaçaba, Caçador, Rio do Sul, Joinville, Lages, Criciúma, Tubarão e a Arquidiocese de Florianópolis. Diversas Pastorais, Organismos e Movimentos estão integrados ao regional e juntos desenvolvem ações sociais e pastorais com o intuito de promover a dignidade humana por meio da mensagem cristã.

Moacir Heerdt é gerente da Rede de Polos do Campus Unisulvirtual e Marciel Caetano atua na Coordenação dos Curso de Filosofia, Serviço Social e Pedagogia.

ProUni: bolsas de estudos nos cursos presenciais e a distância

A Unisul oferece bolsas de estudos nos cursos presenciais e a distância aos pré-selecionados na primeira chamada do Programa Universidade para Todos (ProUni). Para concorrer a bolsa, além de ter realizado a última prova do Enem (2019), o candidato deve ter obtido a nota mínima de 450 pontos.

Entre os procedimentos de inscrição são necessários criar uma conta de usuário tanto no site do ProUni quanto no Minha Unisul e providenciar a documentação exigida nos respectivos editais.

Os candidatos aos cursos presenciais devem seguir os seguintes procedimentos:

  • Inscrições online na Unisul: até 10/02
  • Agendamento da Entrevista pelo Minha Unisul: até 11/02
  • Divulgação dos pré-selecionados: 04/02
  • Comprovação de Informações: 04/02 a 11/02

Já, os interessados nos cursos a distância, atendem aos requisitos considerando as especificidades da modalidade de ensino.

  • Inscrições online (no site oficial do ProUni): de 28/01 a 01/02
  • Inscrições online na Unisul: de 04 a 10/02
  • Entrega de documentos por Sedex ou e-mail: de 04 a 10/02
  • Entrevista (sem necessidade de Agendamento, a Assistente Social entrará em contato): de 04 a 11/02
  • Divulgação de homologados: 17/02
  • Início das aulas: 10/02 (1º período)

Mais sobre o ProUni

As bolsas concedidas pelo ProUni são destinadas às universidades particulares e comunitárias. As inscrições nos cursos presenciais encerram em 11/02, já no ensino a distância, no dia 14/02. Mais informações pelo 0800 970 7000 ou (48) 3279 1000 para ligações de celular.

Mérito Enem: nota vale bolsa de estudos até o final do curso

Na Unisul a nota do Enem vale bolsa de estudos para ingressar em um dos cursos de graduação presenciais ou EaD da universidade mais inovadora de Santa Catarina, conceito máximo pelo MEC. Entre os critérios de seleção, além de ter concluído o Ensino Médio, basta ter realizado a prova do Enem entre os anos de 2009 e 2019.

Vantagens

Uma das vantagens de ingressar pelo Mérito Enem é que a nota obtida na Prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode resultar em uma bolsa de estudos que varia de 10% a 100% até o final do curso (para os candidatos aprovados). E o melhor: a inscrição é totalmente gratuita.

Cursos presenciais

As inscrições pelo Mérito Enem encerram no dia 26 de março e podem ser feitas pelo site da Unisul ou no SAIAC dos campi da Grande Florianópolis e Tubarão, ou nas unidades de Araranguá, Braço do Norte, Içara, Florianópolis, Pedra Branca, Trajano e Dib Mussi, de acordo com o Edital 1094/2019.

Cursos UnisulVirtual

Já nos cursos EaD, a inscrição pelo Mérito Enem está disponível até 05 de fevereiro e pode ser feita tanto no site quanto em um dos polos de apoio presencial da UnisulVirtual, que está presente em todos os estados e capitais do Brasil, de acordo com o Edital 1099/2019.

Documentação para envio após a inscrição

Nos respectivos editais de oferta constam todas as orientações e cursos disponíveis, sendo que o candidato tem a opção de entregar a documentação presencialmente ou fazer o upload no MinhaUnisul dos seguintes documentos:
• Boletim de resultado do ENEM;
• CPF;
• RG ou CNH;
• Histórico Escolar do Ensino Médio e
• Certificado de Conclusão do Ensino Médio.

Você sabia?

Ao todo são mais de 3.5 milhões de candidatos válidos nas provas do Enem. Isso indica um grande potencial de futuros estudantes que procuram por uma Instituição de Ensino Superior. Cerca de 64% das matrículas de estudantes que utilizam a nota do Enem para ingresso na graduação, ocorre entre a liberação da nota da prova e o início das aulas nas universidades.

Outras formas de ingresso na Unisul

O Mérito Enem é apenas uma das novidades da Unisul para quem deseja ingressar nos cursos de graduação. A universidade disponibiliza outras Formas de Ingresso. Mais informações em www.unisul.br.

Egresso está entre os vencedores do Prêmio Catarinense de Economia

O bacharel em Ciências Econômicas da UnisulVirtual, Carlos Henrique Gonçalves de Freitas, está entre os vencedores do 21º Prêmio Catarinense de Economia 2019 promovido pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-SC). Carlos conquistou o terceiro lugar na categoria estudante com a sua pesquisa sobre a “Tributação e Desigualdade: um estudo do impacto do ICMS sobre a renda na cidade de Uberlândia”.

A pesquisa resulta no trabalho de conclusão de curso (TCC) elaborado em 2018 sob orientação da professora Joseane Borges de Miranda, coordenadora de Ciências Econômicas. Carlos conta que escrever o projeto que meses depois concorreria ao Prêmio foi desafiador, porém positivo ao mesmo tempo.

“Tentar desenvolver um trabalho que permitisse unir um único texto a maior parte de contribuições de disciplinas estudadas ao longo de um período de tempo bem amplo era instigante. Mais adiante, foi também necessário obter dados empíricos de diversas agências brasileiras sobre o comportamento econômico dos agentes estudados no projeto. Foi muito interessante e gratificante”.

Ainda destaca a orientação da professora Joseane que foi imprescindível nesse processo. “Foi decisiva, pois permitiu definir de forma clara o formato do trabalho, objetivos compatíveis e valiosas contribuições sobre o conteúdo trabalho”.

A inscrição no Prêmio Catarinense de Economia representa uma forma de valorizar o diploma e de compartilhar aquilo que Carlos estudou e produziu. “Inicialmente perguntei a professora Joseane se ela achava que o trabalho tinha um nível adequado para ser submetido, como ela confirmou isso, submeti”, lembra.

Estar entre os três vencedores tem um significado muito especial pelo empenho individual de um aluno, a relevância do a importância do curso a distância e a gratidão por quem esteve presente na elaboração desse projeto. “O Prêmio é o reconhecimento extra de meu esforço e uma forma de agradecer a ajuda que recebi da Unisul em meu projeto de segunda certificação, em especial à professora Joseane, que sempre foi muito compreensiva e profissional ao longo do curso”, atribui Carlos.

Quanto ao potencial do ensino a distância, Carlos ressalta sua dedicação em cumprir os prazos, realizar as atividades de forma correta e aprender além do que era exigido no decorrer do curso. “O que desejo com essas palavras é afirmar que alunos do EaD devem ter claro para si que o curso oferece o básico necessário para em seu próprio ritmo e esforço, alcance mais”.

A publicação disponível para consulta no Riuni

O trabalho já soma mais 270 downloads e está entre os mais acessados no Repositório Institucional da Unisul (Riuni). A cerimônia de premiação está marcada para 16 de dezembro, durante a 12ª e última sessão plenária deste ano do Corecon-SC, no Lira Tênis Clube, Centro da Capital.

O que muda com a implantação das placas do Mercosul?

A proposta da resolução 780 do Conselho Nacional de Trânsito indica que em 31 de janeiro de 2020 passam a valer as novas regras de implantação do novo modelo de emplacamento do Mercosul. Apesar das mudanças o trabalho de fiscalização, por parte dos agentes de trânsito, segue sem grandes alterações.

O professor José Onildo Truppel Filho, também coordenador do curso de Segurança no Trânsito da UnisulVirtual, explica que a principal alteração fica por conta da troca das placas atuais para a nova Placa de Identificação Veicular (PIV) que não é mais obrigatória para quem já possui o veículo e não pretende trocá-lo. “Contudo os veículos já emplacados no sistema atual, não precisarão adotar o novo modelo de placa (PIV), senão por uma das seguintes situações: como a mudança de categoria do veículo; furto, extravio, roubo ou dano de qualquer uma das placas; mudança de município ou de estado ou em caso de necessidade de instalação da segunda placa traseira”, pontua.

Entretanto o proprietário interessado em trocar pela PIV pode realizar o procedimento normalmente e inclusive, consultar como ficará a nova placa. Para isso, o professor Truppel sinaliza que basta trocar o segundo número atual da placa por uma das seguintes letras da PIV:

0 – A
1 – B
2 – C
3 – D
4 – E
5 – F
6 – G
7 – H
8 – I
9 – J

“Assim, se a placa de seu veículo é AAA9999, passará a ser, no novo modelo para AAA9J99”, exemplifica.

Atuação do agente de trânsito

No caso do trabalho de fiscalização prestado pelo agente de trânsito este segue normalmente, no entanto a maior preocupação se dá nos órgãos de trânsito, principalmente os executivos de trânsito dos Estados (Detran), uma vez que são os responsáveis por registrar e licenciar os veículos a partir desta implantação e, com isso, permitir o cadastro das infrações cometidas.

“Além disso, as consultas para identificar o local (município e estado) de licenciamento dos veículos passam a ser muito mais frequentes. Os autos de infração de trânsito, principalmente os eletrônicos, também terão que ser adaptados para aceitar os novos sequenciais alfanuméricos das placas, pois serão diferentes dos atuais”, complementa o professor.

Os agentes necessitam de capacitação para fiscalizar este novo modelo porque haverá um código de barras bidimensionais dinâmico estampado, o QR Code.

“Diante disso, a sua leitura por aparelhos adequados permitirá identificar a originalidade daquela PIV. Para a leitura e identificação do QR Code, será disponibilizado a todos os órgãos que integram o Sistema Nacional de Trânsito, um programa, que está sob a responsabilidade do Denatran”, conclui.