Encontro fala de comunicação não-violenta e escutatória

A terceira roda de conversa: o direito e os métodos de transformação de conflitos, no dia 28/11, vai debater as metodologias “comunicação não-violenta e escutatória”, das 9h30min às 10h30min, com transmissão pelo canal YouTube da UnisulVirtual.

O encontro é idealizado pelo curso de Pós-Graduação de Sistema de Justiça: mediação, conciliação e justiça restaurativa, a distância, para atualizar os profissionais das mais diversas áreas e comunidade acadêmica.

A transformação de conflitos e as metodologias

O debate e reflexão sobre métodos de transformação de conflitos remete necessariamente ao cenário de crescimento da litigiosidade, quase sempre relacionada a situações de desrespeito aos direitos humanos, quer na esfera individual, quer no ambiente da coletividade.

E ao trazer metodologias, fala-se nos métodos que auxiliam as práticas de transformação de conflitos, como a comunicação não-violenta e escuta ativa requer disposição para revisitar o paradigma do litígio e dar mais espaço ao exercício efetivo da cidadania.

O cenário das relações sociais nos diferentes espaços da sociedade brasileira demanda aprofundamento e novos conhecimentos para enfrentar o fenômeno da conflitividade que se agiganta.

No âmbito do Sistema de Justiça essa realidade complexa exige dos profissionais dedicação e atenção aos novos saberes, que possibilitam a aplicação de métodos que visam a transformação e auxiliam na solução consensual de conflitos.

Este seminário pretende abrir debate sobre demandas de intervenção nos conflitos, bem como de metodologias que auxiliam nas soluções desses, tais como a comunicação não-violenta e a escuta ativa.