Encaminhados para o ensino superior a distância

IMG_9480

Cerimônia ocorreu nesta segunda, 31/3, na Unisul Pedra Branca

Cerimônia de concessão das bolsas de estudo da UnisulVirtual fechou a segunda edição do Projeto Futebol Futuro. Agora, meninos podem seguir com os estudos e o futebol paralelamente

A segunda edição do Futebol Futuro foi finalizada nesta segunda-feira (31/3), com a cerimônia de premiação aos atletas selecionados. Depois de treinar durante 2013 e participar da Las Vegas Mayor´s Cup, em fevereiro, os meninos concluíram sua passagem pela seleção com a obtenção da bolsa de estudos.

Foi o momento de rever os colegas de campo e reunir os familiares para presenciar um dos principais benefícios do projeto: o ingresso no ensino superior da UnisulVirtual. Para Ty Evans, idealizador do projeto, a 2ª edição obteve um sucesso ainda maior. “Os jogadores fizeram que a 2ª edição fosse realmente duas vezes maior. Não somente pelo desempenho e comportamento dos atletas, mas o projeto todo. Eles aprenderam a conviver com pessoas desconhecidas, num ambiente diário, isso levou o projeto a outro patamar”, afirma.

Gabriel recebeu a bolsa de estudos das mãos do diretor Fabiano Ceretta e do empresário Ty Evans

Gabriel recebeu a bolsa de estudos das mãos do diretor Fabiano Ceretta e do empresário Ty Evans

Alguns garotos já estão encaminhados para equipes profissionais. Avaí (SC), Vitória (BA), Metropolitano (SC) e  Audax (SP) são alguns dos destinos dos jogadores. Como é o caso do lateral Gabriel Elizeu Riba, que realizou testes no Audax e deve retornar São Paulo ainda nesta semana. “Participar do Futebol Futuro foi uma oportunidade que “caiu do céu”, as portas já estavam se fechando pra mim devido à idade. Na equipe consegui ser treinado e preparado para ir para uma grande equipe. Se der tudo certo em São Paulo vou poder conciliar os estudos na UnisulVirtual com  o futebol”, ressalta Augusto.

Augusto já conseguiu posicionar-se no Avaí (SC)

Augusto já conseguiu posicionar-se no Avaí (SC)

Já o volante Augusto Valentin ingressou na equipe sub-17 do Avaí. “Como sou um ano mais novo que a maioria dos colegas, achei que não conseguiria entrar no Futebol Futuro. Fui passando pelas etapas e deu certo. Até quando estávamos em apenas 18 eu achava que seria cortado para a viagem, mas deu tudo certo. Estou muito orgulhoso por tudo e também pela bolsa da Unisul”, lembra.

O diretor da UnisulVirtual, professor Fabiano Ceretta, relatou durante a cerimônia que quase tornou-se jogador de futebol, não fossem duas lesões no joelho.  Para ele, a parceria do Futebol Futuro e da UnisulVirtual complementa a missão da Universidade inserir as pessoas no âmbito social. “Sempre que isso acontece em bons projetos, como o Futebol Futuro, isso agrega valor à Universidade. Possivelmente, muitos desses atletas terão carreiras bem sucedidas e a UnisulVirtual, além de proporcionar o acesso à essa arrancada, os ajuda na gestão de suas carreiras”, valoriza.

Agora, a garotada ainda precisa finalizar o Ensino Médio para usufruir da bolsa de estudos. Enquanto isso, o foco ainda está nos gramados, mas eles já podem conferir as 31 opções de ingresso da UnisulVirtual e pensar na melhor carreira paralela ao futebol.