Sujismundo está de volta

Renovado, personagem criado na década de 70 para conscientizar a população sobre a importância da limpeza e do respeito ao próximo ressurge em projeto sobre educação ambiental

Renovado, personagem criado na década de 70 para conscientizar a população sobre a importância da limpeza e do respeito ao próximo ressurge em projeto sobre educação ambiental

Sujismundo é um desses sujeitos que não se preocupam com limpeza. Essa frase, que inicia uma das quatro animações veiculadas na televisão brasileira na década de 70, resume bem as características do personagem Sujismundo, criado pelo diretor de animação Ruy Perotti. Além de desenhos animados, sua imagem circulou por outdoors, camisetas e adesivos. Hoje, o nome é sinônimo para os sujos e desleixados com a higiene.

Embora curta, a passagem de Sujismundo pelas mídias da época foi marcante, o personagem está vivo na memória dos mais experientes. Para criar a mesma simpatia nas crianças de hoje, surgiu o Grupo para a Gestão e Estudo de Projetos em Educação Ambiental, o Grupo GEPEA, coordenado por Adriana Vieira, aluna do curso de Gestão Ambiental da UnisulVirtual. Alicerçado como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, o GEPEA vai relançar o personagem numa série de quatro encartes com historias em quadrinhos por anos (gibis), que serão distribuídos em escolas públicas e particulares de todo o estado de Santa Catarina, sendo que a previsão inicial de duração do projeto é de quatro anos. “O Sujismundo é um personagem simpático. Pensamos em criar algo como gibi, justamente pela facilidade do acesso e alcance pelas crianças. Com o a revista, a criança pode interagir a qualquer momento, com quem quiser e ainda colecionar as edições”, afirma.

Segundo Adriana, projeto Sujismundo visa prevenir a degradação do meio ambiente através da educação ambiental

Segundo Adriana, projeto Sujismundo visa prevenir a degradação do meio ambiente através da educação ambiental

Hoje, os direitos sobre o personagens são de Guilherme Alvernaz, filho de Ruy Perotti. Segundo Adriana, ao saber da ideia, Guilherme achou a iniciativa excelente e se prontificou a fornecer a aparência remodelada de Sujismundo. A intenção é alcançar cerca de 500 mil crianças, estudantes entre o 1º e o 5º ano do ensino fundamental, mas não tratar apenas de questões de higiene e limpeza, como na ideia original, mas trazer o personagem às questões atuais, muito ligadas ao meio ambiente. Estar atualizada com a questão ambiental, para dar respaldo ao Grupo GEPEA, foi o que instigou Adriana a buscar o curso de Gestão Ambiental. ”Tratamos a educação ambiental como algo apenas corretivo, deixamos os erros acontecerem. Tanto o curso quanto o projeto Sujismundo proporcionam uma visão futura e preventiva do meio ambiente”, ressalta.

 

Logo GEPEA OficialPara isso, o projeto prevê a realização de oficinas e palestras nas escolas, associações comunitárias, e, ainda, a participação no Encontro Estadual em Educação Ambiental. O início das atividades está previsto para 2014, a distribuição será feitas com apoio das Secretarias de Desenvolvimento Regional (SDRs), pela Secretaria de Educação do Estadual (SED/SC) e o Sindicato das Escolas Particulares de Santa Catarina (SINEPE/SC).